Acompanhe a FollyFertil

Produtos ver todas >>

Fertilizante Celleron

Celleron é um fertilizante foliar de ação fisiológica. Ao ser aplicado nas plantas acelera o processo de redução enzimática do nitrato, melhorando a administração do nitrogênio absorvido, provocando mudanças visíveis na parte aérea e no sistema radicular. Celleron tem alta concentração de fósforo, nitrogênio e potássio em uma mistura harmônica de íons. Sua formula inorgânica tem um balanceamento perfeito estabilizada a um pH de 1,65. Celleron é um bio-fertilizante capaz de melhorar a fixação biológica de nitrogênio (FBN) nas plantas. Sua fórmula contém 15% de N, 21% de P2O5 e 2% de k20, que são garantidos em rótulo, mas também é enriquecida com micronutrientes em pequenas concentrações. Os micronutrientes presentes no produto não tem o propósito de suprir a deficiência destes nas plantas, e sim de participar dos processos metabólicos aumentando a disponibilidade de bio-compostos, como as metaloproteínas ferro-proteína e molibdênio-ferro proteína, que são redutores enzimáticos responsáveis pela transformação da amônia em amina, forma como as células absorvem o nitrogênio. AÇÃO A aplicação de Celleron eleva a concentração de nitrogênio e fósforo na planta, promovendo o crescimento mais rápido da parte aérea e do sistema radicular, potencializando a absorção de água e a reciclagem dos nutrientes depositados no solo. Celleron tem efeito imediato. Ao ser aplicado causa uma explosão vegetativa na planta, levando ao acúmulo de uma grande reserva de energia na forma de biomassa. Celleron promove um enraizamento intenso da planta, aumentando consideravelmente a resistência ao estresse hídrico. O produto é recomendado para várias culturas, tais como: soja, arroz, milho, feijão, café, fumo, trigo, cana-de-açúcar, algodão, citros, frutas, verduras, legumes e outras. TECNOLOGIA CELLERON A tecnologia contida em Celleron surgiu a partir da observação de que cerca de 78% da constituição gasosa da atmosfera terrestre é formada por nitrogênio molecular ou dinitrogênio (N2), forma não assimilável pelas plantas. Natureza somente um pequeno número de microorganismos, denominados diazotróficos ou fixadores, é capaz de reduzir o nitrogênio atmosférico (N2) à uma forma assimilável, o nitrogênio orgânico. Esse processo é chamado de fixação biológica de nitrogênio (FBN), realizado pelo complexo proteico da nitrogenase, enzima que catalisa a reação de redução de N2 em NH+. Toda planta existente no planeta é o produto de uma seleção natural e um dos critérios para esta seleção foi a capacidade de se adaptar a escassez do nitrogênio no solo. Toda planta tem uma estreita relação com microorganismos fixadores de nitrogênio, seja com microorganismos associativos (leguminosa) ou de vida livre, encontrados no solo e no interior das plantas, alojados entre as células dos tecidos ou dispersos na seiva. A FIXAÇÃO BIOLÓGICA DO NITROGÊNIO A fixação biológica de nitrogênio (FBN) é considerada, após a fotossíntese, o mais importante processo biológico do planeta. A natureza física gasosa do nitrogênio faz com que todo N fixado no solo retorne a atmosfera em um processo contínuo. A participação da FBN no ciclo biogeoquímico do nitrogênio é extremamente importante, a atividade das bactérias diazotróficas é responsável por cerca de 75% do N anualmente fixado na terra. A FBN é um processo simbiótico em que as bactérias, sob a ação de enzimas próprias, transformam o nitrogênio do ar (N2), oxidando-o, em subprodutos de natureza nítrica (NO3). Na simbiose entre planta e bactéria a planta fornece à bactéria a fonte primária da energia celular, a glicose, recebendo em troca os nitratos (NO3). O aproveitamento biológico dos nitratos (NO3) no complexo proteico das plantas exige uma transformação química adicional, reduzindo-os da forma nítrica à forma amina (–NH2) de pronto uso celular. A redução enzimática do nitrato é realizada por alguns complexos proteicos, os quais dependem da bio-disponibilidade de elementos como molibdênio, cobalto, cobre, ferro e manganês. EMBALAGEM RETORNÁVEL DE 1000 LITROS O fertilizanteCelleronjá está disponível emembalagem retornável de 1000 litros.A opção visa atender produtores rurais eempresas agrícolas que pretendem adquirir o produto em grandesquantidades. Cellerontambém é comercializado em galões de 1 e 5 litros, além dobalde de 20 litros. VANTAGENS NO USO DE CELLERON Fornecimento de N de forma equilibrada e constante às plantas (FBN). Fornecimento de fósforo nos momentos de maior demanda. Sistema radicular mais profundo e abrangente. Maior reciclagem de nutrientes e água. Maior vigor vegetativo. Maior resistência ao estresse hídrico. Plantas mais resistentes às doenças fúngicas e bacterianas. Maior número de flores viáveis e melhor pegamento dos frutos. Maior capacidade de retenção dos frutos durante todo o ciclo. Melhor conversão da biomassa em grãos. Cargas mais intensas e maturação mais uniforme. TABELA DE RECOMENDAÇÃO

+ Saiba mais

TV FollyFertil

Notícias do Agronegócio

Indicador CEPEA

Parceiros

BRASIL - BM&F

RESUMO | SOJA | MILHO | CAFÉ | BOI |